Nova fotografia, título polémico e nova entrevista

No mês passado, a Emma entrevistou Valerie Hudson, a autora do livro Sex & World Peace, o livro que promoveu no Dia Internacional da Mulher. A entrevista foi originalmente publicada pela Teen Vogue, com um título que não deixou a Emma indiferente. No título lia-se “Emma Watson Talks Marriage, #MeToo, and Annoying Men, With Author Valerie Hudson” [tradução: Emma Watson fala sobre casamento, #MeToo e homens chatos com a autora Valerie Hudson]. A Emma fez uma publicação a mostrar o seu descontentamento, como se mostra abaixo, e o título foi entretanto alterado.

Títulos como este deixam-me assim 🤦‍♀️ Nota: Ao longo dos anos as pessoas têm-me perguntado porque é que se eu não estou confortável com uma foto ou um título de algo em que apareço porque é que não pedi parar tirar ou mudar antes de ser publicado. Estão a assumir que eu consigo ver os artigos em que participei antes deles serem impressos ou serem publicados online… A verdade é que não é muito comum eu ver as coisas antes de saírem ou ter uma palavra nas publicações sobre como as minhas fotografias ou as minhas palavras são editadas. Normalmente vocês vêem as coisas antes de mim. Quando estive extremamente desconfortável no passado (com exemplos muito mais extremos que este) e expressei preocupações e queixas, disseram-me que as coisas são assim… 🤷‍♀️ (Eu uso a minha voz) Com amor ❤️

Tradução por EmmaWatsonPortugal.Org

Entretanto, a entrevista foi também publicada pela própria Emma com uma fotografia de uma nova sessão fotográfica onde usava o vestido que usou na premiere de Harry Potter em 2009.

A entrevista pode ser lida aqui ou aqui.

2/Abr/2020 Daniela Godinho 0 comentários

Entrevistas, Fotos, Sessão fotográfica, , , ,

Emma apresenta novo livro de Stephen Chbosky

No passado dia 12 de novembro, a Emma apresentou o novo livro de Stephen Chbosky, Imaginary Friend (em português, Amigo Imaginário), no seu lançamento em Los Angeles. A Emma partilhou agora algumas fotos e o vídeo completo do evento.

Steve tem sido o meu mentor e amigo desde que tornámos o seu primeiro livro, The Perks of Being a Wallflower, num filme juntos. Ele deu-me a grande honra de ser ‘Sam’ – uma das miúdas mais fixes alguma vez já gravadas – e também um dos melhores verões da minha vida como a minha melhor experiência de sempre de gravações de um filme.

Desde aí, onde quer que estejamos no mundo, num bom ano eu espero ver o Steve quatro ou cinco vezes. Nós normalmente vamos comer fora. Ao jantar com o Steve eu acabo sempre a pedir ao empregado por uma caneta ou a sentar-me no escuro a arranhar furiosamente o meu telemóvel a tentar não me esquecer… O que ele disse exatamente? Como é que ele o disse precisamente?!!! Quando lhe liguei depois de ler este [novo] livro, uma das primeiras coisas que eu disse foi que estava tão aliviada por não ter de passar os nossos jantares juntos a dizimar mesas, guardanapos, costas de recibos e a esperar que o meu telemóvel não morra. Porque este livro contém tantas ideias que eu queria ter a certeza de nunca esquecer… E que esperava que o mundo poderia vir a saber.

Como The Perks of Being a Wallflower, o livro diz que não importa o quão sombrios são os sítios onde estiveste ou as coisas que tens visto, há sempre um percurso inegável. Ninguém ou nada está além da redenção… Excepto talvez “o homem bom” mas teremos de esperar pelo segundo livro para saber a verdade… O que é hilariante e de rir às gargalhadas de tão genial é que ele parece ter disfarçado toda esta sabedoria num divertido filme thriller sobre zombies… No estilo verdadeiro de Steve Chbosky, ele dá-te a cobertura e o donut. Iluminação espiritual E um filme de terror e thriller à Spielberg. Eu não sei como ele o fez. Mas ele fez. É uma obra-prima. A profundidade de Milton é que é realmente o virar da página. Estou tão orgulhosa do meu amigo.

Tradução por EmmaWatsonPortugal.Org

17/Dez/2019 Daniela Godinho 0 comentários

Entrevistas, Fotos, Vídeos, ,

Emma entrevista Rebecca Solnit

A Emma teve a oportunidade de entrevistar Rebecca Solnit, a autora dos dois livros sugeridos para os meses de novembro e dezembro no clube Our Shared Shelf: Whose Story Is This? Old Conflicts, New Chapters e Cinderella Liberator. Abaixo podem ver duas fotos e uma parte da entrevista que foi divulgada pela Emma.

7/Dez/2019 Daniela Godinho 0 comentários

Entrevistas, Fotos, Our Shared Shelf, Vídeos, ,

Emma é capa da Vogue UK

A Emma fez uma nova sessão fotográfica e é capa da edição de dezembro da revista Vogue UK. Abaixo podem ver algumas das primeiras fotos divulgadas e uma parte da entrevista onde a Emma fala do filme Little Women (em português, As Mulherzinhas) e da sua vida.

Este Natal, Watson está de volta ao grande ecrã como Margaret “Meg” March na adaptação de Greta Gerwig de Little Women de Louisa May Alcott. O projeto não poderia cair melhor a Emma, combinando muitas das suas paixões: literatura, cinema e a exploração da experiência feminina. “Com a personagem Meg, a sua maneira de ser feminista é fazer uma escolha – porque é o que, para mim pelo menos, o feminismo é,” diz Watson. “A escolha dela é que quer ser mãe e esposa a tempo inteiro. Para Jo [Saoirse Ronan], ser casada é como uma prisão. Mas Meg diz, ‘Tu sabes, eu amo-o [John Brooke, que é protagonizado por James Norton] e estou realmente feliz e isto é o que eu quero. E só porque os meus sonhos são diferentes dos teus, isso não significa que são menos importantes.”

O que levanta a questão: quais são os sonhos de Emma Watson? Ela faz 30 anos em abril, e descreve 2019 como tendo sido “difícil”, porque “teve todas estas ideias” sobre o que a sua vida deveria ser nesta idade. “Eu pensei, ‘Porque é que toda a gente faz este alarido sobre chegar aos 30? Não é nada de especial…'” partilha. “Aos 29, eu penso ‘Oh meu Deus, eu sinto-me tão stressada e ansiosa. E apercebo-me que é porque de repente há este influxo de mensagens. Se não tiveres construído uma casa, se não tiveres marido, se não tiveres um bebé, e estás a chegar aos 30, e não estás num lugar incrivelmente seguro e estável na tua carreira, e ainda estás a descobrir as coisas… Há esta quantidade incrível de ansiedade.”

Se é surpreendente pensar que Watson se preocupa com estas coisas, também é reconfortante. “Eu nunca acreditei no discurso “Eu sou feliz solteira,” continua. “Eu pensava, ‘É só lengalenga.’ e levou-me muito tempo, mas eu sou muito feliz [ao ser solteira]. É o que eu chamo a ser auto-parceira.”

Tradução por EmmaWatsonPortugal.Org
4/Nov/2019 Daniela Godinho 0 comentários

Entrevistas, Filmes, Fotos, Sessão fotográfica, , , ,

Vídeos da entrevista a Dr. Denis Mukwege

A Emma divulgou o vídeo completo da entrevista que fez ao Dr. Denis Mukwege no passado mês de maio na How To: Academy.

18/Ago/2019 Daniela Godinho 0 comentários

Entrevistas, Vídeos, , , , ,