Emma fala para a CNN sobre Time’s Up

No final do ano passado, a Emma falou para a CNN sobre o movimento Time’s Up e o que ele significou para ela e para a sua indústria.

“Pessoalmente, eu sinto que o Time’s Up tem ajudado a cultivar um senso de comunidade entre mulheres na minha indústria. As pessoas assumem que as atrizes se conhecem umas às outras e saiem juntas, mas estamos frequentemente isoladas numa indústria que pode fazer sentir mais como uma força atomizadora do que de união. Ao pensar no momento decisivo #MeToo no final de 2017, as mulheres na indústria começaram a aproximar-se umas das outras, a partilhar experiências, a organizarem-se juntas numa forma que nunca tinha visto antes. Havia uma realização sincera de poder de união, o que é algo que as mulheres noutras indústrias já conhecem há algum tempo!

O poder transformador da solidariedade também se aplica na relação entre Hollywood e o resto do mundo no fim de 2017. Eu fiquei tão inspirada pela forma como as mulheres nas outras indústrias, origens e contextos de trabalho ficaram connosco. Hollywood é uma bolha privilegiada e os ativistas podiam ter-nos ignorado, mas em vez disso apoiaram-nos, deram-nos orientação e estavam disponíveis para campanhas colaborativas. Muitas mulheres nos disseram que ouvir mulheres de alto perfil em Hollywood a falar sobre estes assuntos as encorajaram a falar também. Isso fez-me ainda mais comprometida em levantar as nossas vozes. Eu sinto que temos um mandato para falar. Se nós, com todos os nossos privilégios, plataformas e proteções não o fizermos, como esperamos que os outros o façam?

Ainda há um longo caminho a percorrer, mas eu sinto-me mais otimista agora que temos novas ferramentas e mecanismos na nossa indústria para proteger e assegurar pessoas que sofrem de assédio e abuso. No ano passado foram introduzidas um grande conjunto de instruções, normas e linhas de ajuda – tal como as instruções para bullying e assédio da BFI que a indústria do Reino Unido adotou, o que significa que um jovem ator ou assistente de luzes num set terá uma maior noção dos seus direitos, caminhos de compensação, meios de apoio, etc, do que antes.”

Tradução por EmmaWatsonPortugal.Org

Fonte

28/Fev/2019 Daniela Godinho 0 comentários

Emma, Entrevistas, ,

Look para a festa dos Oscars 2018

A Emma partilhou os detalhes da roupa que vestiu ontem na festa da Vanity Fair dos Oscars.

Oscars Vanity Fair em Ralph Lauren retirado do arquivo. Designs fantásticos são intemporais e este vestido, tal como o vintage, é outra maneira de usar uma peça sustentável. Sapatos de @rogervivier, uma marca que promove o artesanato e apoia a sua cidade local de Brancadoro. Mala de @tylerellisofficial feita à mão por uma pequena equipa de artesãos em Itália.

Pulseira de ouro safira reciclado e de comércio justo de @anakatarinadesign, anel e pulseira de fontes responsáveis de @anakhouri, e brincos de @vraiandoro feitos a partir de diamantes produzidos em laboratório e ouro reciclado.

Para a pele, Vivid Concealer in Maca de @iliabeauty usado como uma base leve para um look fresco e algumas pinceladas de ‘Un’ Cover-Up 22 de @rmsbeauty por debaixo dos olhos. RMS Beauty Eye Polish in Solar na pálpebra para acrescentar um brilho de bronze e RMS Living Luminizer debaixo da sobrancelha até ao topo do osso da bochecha. Ilia eyeliner in Rebel Rebel para realçar a linha das pestanas. Ilia Multi-Stick in Tenderly para ruborizar as bochechas. Lábios com lip liner in Spice de @janeiredale e acabados com Ilia Lip Gloss in The Butterfly and I.

#timesup

Tradução de EmmaWatsonPortugal.Org

5/Mar/2018 Daniela Godinho 0 comentários

Appearances, Emma, Moda, , , , ,

Emma doa 1 milhão de libras para o UK Justice and Equality Fund

Esta manhã foi publicada uma carta aberta assinada por cerca de 190 atores/atrizes britânicos e irlandeses, incluindo a Emma, como forma de afirmação da luta contra o assédio sexual na indústria do entertenimento. No seu seguimento, foi criado o fundo UK Justice and Equality Fund que tem o intuito de fornecer uma rede de organizações de apoio profissional às vítimas de assédio sexual pelo Reino Unido.

A Emma Watson deu mais uma vez a cara pela iniciativa, fazendo uma doação inicial de 1 milhão de libras (mais de 1,1 milhões de euros), seguida de doações de atores como Keira Knightley, Emma Thompson e Tom Hiddleston.

Emma Watson disse:

“É fácil descartar o assédio e o abuso como sendo causado por ‘um ou dois homens mesmo muito maus’ mas as estatísticas do Reino Unido apontam para um problema muito maior e mais estrutural. Esta questão é sistémica, ao contrário de eventos isolados.”

“Mais de metade de todas as mulheres, e quase dois terços das mulheres dos 18 aos 24 anos, dizem ter experienciado assédio sexual no trabalho. Uma em cada cinco mulheres em Inglaterra e País de Gales experienciaram algum tipo de abuso sexual depois dos 16 anos. Isto não deveria ser tolerado e não pode e não deverá ser a nossa norma. Nós conseguimos fazer melhor do que isto.”

A angariação de fundos está disponível para todos através do site GoFundMe e a carta aberta pode ser lida aqui.

18/Fev/2018 Daniela Godinho 0 comentários

Emma, , ,

Emma apresenta conjunto de medidas contra assédio sexual

A Emma Watson é a cara do lançamento de um conjunto de medidas estabelecidos pelo BFI (British Film Institute), a BAFTA (British Academy of Film and Television Arts) e outras associações do mundo do entretenimento para lutar contra o bullying e o assédio sexual.
Além de um conjunto de indicações de como proceder nestes casos, será também criada uma linha de apoio com profissionais treinados para dar apoio a situações de assédio e a outro tipo de problemas comuns nesta indústria como a intimidação, depressão, dependência de drogas, problemas legais ou financeiros.

“Liderada pelo FBI e pela BAFTA, a indústria juntou-se para concordar com estes Princípios e Guia – desenvolvidos pelas pessoas que percebem as subtilezas da hierarquia num estúdio de gravações de um filme e como é trabalhar horas num ambiente estranho e insociável. Eu espero que estes Princípios se tornem uma segunda natureza para todos; não são apenas sobre proteger indivíduos mas são também um passo importante para abraçar a grande diversidade de vozes – e eventualmente ter uma indústria de entretenimento que realmente represente o mundo em que vivemos.”

Estas medidas entrarão em vigor a partir de abril de 2018. Mais informações poderão ser encontradas aqui e aqui.

No próximo domingo, dia 18, terá lugar a cerimónia dos BAFTA Awards em Londres onde a Emma poderá marcar presença para falar desta iniciativa.

14/Fev/2018 Daniela Godinho 0 comentários

Emma, Vídeos, , , , ,