Entrevista para a Vistazo

Emma deu recentemente uma entrevista para a revista Vistazo onde falou sobre os seus novos projetos, como Regression e Beauty and the Beast, e outros assuntos como os seus maiores medos.

 Emma confessa que o que mais a assustas na vida são “injeções e tubarões”. Outra coisa é ficção: “Como espectador, tenho muito medo de suspense, saber que a qualquer momento algo vai acontecer, mas não saber onde ou quando.”
Sobre Regression:
“Eu já era fã de The International e Offshore. Eu li o roteiro e estava interessada, e quando estive pela primeira vez com Alexander senti que era alguém que podia confiar” disse Emma. “A minha personagem tem tido experiências de vida incomuns e extremas, eu achei muito difícil colocar-me na sua pele, tem sido um desafio, mas isso é o que procuro no meu trabalho, por isso estou satisfeita.”

Emma diz que ser uma jovem veterana tem vantagens e desvantagens:

 “A coisa boa é que tenho um monte de experiência para alguém da minha idade, isso ajuda muito. O negativo é ter feito o mesmo papel por tanto tempo, às vezes tenho de lutar contra as ideias preconcebidas sobre quem sou e que tipo de papéis posso fazer. Eu tenho que trabalhar duro para mostrar que eu posso fazer outras coisas.”
Emma ainda falou sobre Beauty and Beast e o seu trabalho na campanha “HeforShe”:
“Foi uma das minhas histórias favoritas em criança, eu amo a personagem de Belle e também este projeto deu-me a oportunidade de cantar, algo que sempre quis fazer e nunca tinha sido possível até agora.”
“Definitivamente neste trabalho (“HeforShe”) eles precisam de mais vozes feministas. A minha campanha concentra-se particularmente em obter mais vozes feministas dos homens. Eu acho que está a funcionar, eu espero que sim.”
20/Set/2015 Mariana Lopes 0 comentários

Emma, Entrevistas, Filmes,

Leave a Reply